Temas de Psicologia

Julho 26, 2007

Psicologia ou Psicologias?

Filed under: Actividade Profissional,Actualidade — S. F. @ 6:05 pm

83066.jpgHá uma questão que gera inúmeras discussões entre psicólogos e estudantes de psicologia e que se prende com a facilidade com que um licenciado numa determinada área da psicologia pode desenvolver actividade noutra área. O exemplo comum: licenciado em Psicologia (área Clínica) trabalhar em Recrutamento e Selecção.

Penso que, na falta de uma Ordem que regularize a situação dos Psicólogos em Portugal, cabe a cada profissional o reconhecimento das suas competências e das suas limitações, aceitando humildemente que, seja como for, estamos num contínuo processo de aprendizagem e aquisição e desenvolvimento de competências. Assim, um Psicólogo cuja pré-especialização foi em Clínica, tendo inclusivé realizado o estágio académico nesta área, deve sempre reconhecer as suas limitações na hora de enviar “a torto e a direito” currículos para cargos geralmente ocupados por colegas da área Organizacional e do Trabalho. Não quero com isto dizer, porém, que não o possa fazer. Antes de tudo, ao terminar a licenciatura (nos moldes anteriores à entrada em vigor do processo de Bolonha), somos Psicólogos. (ponto final, parágrafo!!!) A pré-especialização (área escolhida, por norma no 4º ou 5º ano da licenciatura) simplesmente nos prepara mais para a área x ou y, não sendo porém limitativa no que respeita às áreas em que podemos desenvolver actividade no futuro. Não concordo, aliás, que à saída da faculdade sejamos Psicólogos Clínicos, Psicólogos Educacionais, Psicólogos Criminais, Psicólogos Organizacionais, etc. Somos Psicólogos, apenas. O resto desenvolve-se com o trabalho, com a formação contínua que nunca deve ser descurada, com a prática.

Por outro lado, compreendo quando surge uma certa estranheza e revolta quando vemos psicólogos de outras áreas que não clínica, a exercerem actividade em clínica. (E acabo de tocar numa grande ferida do mundo da psicologia.) Compreendo porque, ao passo que enquanto psicólogos todos estamos preparados para lidar com pessoas, fazer avaliação psicológica, etc. etc. etc., a prática clínica exige competências que só se adquirem e desenvolvem com muito treino, começando inevitavelmente num estágio supervisionado (aliás, é indispensável a supervisão permanente). Note-se que não considero os profissionais vindos da área clínica mais ou menos psicólogos que os das restantes áreas. Aliás, não compreendo (nem concordo) que muitos colegas de clínica, imediatamente após a saída da faculdade, comecem a desenvolver actividade a título individual, sem qualquer supervisão ou acompanhamento.  Relativamente aos profissionais de outras áreas (organizacional, criminal…), acredito que podem desenvolver actividade em clínica, depois de terem a formação adequada (que não pós-graduações de 30 ou 40 horas!) e muita prática supervisionada.

Isto tudo para lembrar que nunca é demais reconhecer o quanto podemos aprender e que a área de pré-especialização escolhida na faculdade não representa nenhuma amarra, não é limitativa dos horizontes futuros.

Pessoalmente, sendo Psicóloga (da área clínica e da saúde) tenho concorrido para Estágios na área de Recrutamento e Selecção, estágios esses que me permitam aprender, desenvolver competências numa área que não a escolhida na faculdade, que me permitam alargar horizontes e crescer como profissional da psicologia. Não assumo à partida que sei tudo o que preciso para desenvolver actividade na área, porque não sei, antes assumo uma postura de aprendizagem e muita vontade de trabalhar. Concorro para estágios denominados curriculares – a remuneração limita-se a uma bolsa de subsídio de transporte e de alimentação – que dão essa oportunidade de aprendizagem.

Acredito que muitos colegas discordam da minha opinião, outros concordam, outros hão-de considerá-la incompleta. Este é, simplesmente, um espaço de reflexão e partilha de opiniões.

Aqui nos encontraremos!🙂

1 Comentário »

  1. Pois bem, apenas para dizer que ao estar dentro desta mesma area concordo plenamente com as tuas palavras/reflexoes. *

    Comentar por Mara — Agosto 8, 2007 @ 7:27 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: