Temas de Psicologia

Julho 3, 2007

Andar, para além da dor

Filed under: Livros,Saúde / Doença — S. F. @ 5:49 pm

andarparaalemdador.jpgPara apresentar este livro, começo a citar o Professor Mário Viana Queiroz, que assim o descreve, no prefácio:

“Esta autobiografia de uma doente com Artrite Reumatóide lê-se de um fôlego, sem pausas, até terminar a espantosa história que nos narra.
Todos os reumatologistas, direi mais, todos os médicos, a deveriam ler.
(…)
Lendo-a apercebemo-nos melhor das nossas limitações e da nossa ignorância (“os médicos não sabem nada! dizia a doente na sua infância), da solidão e pobreza das enfermarias dos nossos grandes hospitais, da desumanização da medicina que tantas vezes somos obrigados a praticar (…).”

Andar, para além da dor” é contado e, principalmente, vivido na primeira pessoa – desde as primeiras dores na infância, ao diagnóstico, a evolução da doença e a luta para “além da dor” continuar a viver.

A autora, Fernanda Ruaz, assim nos recebe quando abrimos o livro:

“Escrevi este livro a pensar em si, doente crónico como eu, principalmente se ainda sente o corpo como amarra e a solidão por companhia. Ao longo da vida, fui descobrindo a alegria da superação dos limites e o poder da comunicação. É isso que quero partilhar consigo. Talvez ao ler-me, descubra o seu modo próprio de andar…”

Partilhando a solidão, os medos, as angústias por que passou, “Andar, para além da dor” vai de encontro aos doentes crónicos que nele revêm as suas próprias vivências, e procura ir de encontro a todos os profissionais de saúde que aqui podem sentir as dores com que muitas vezes (não) lidam no dia-a-dia. Vemos todo o processo de adaptação a uma doença – Artrite Reumatóide – do ponto de vista físico, social, psicológico.

Mais uma vez, partilho aqui algumas passagens representativas do livro.

Durante a infância… “Ontem à noite rezei para hoje acordar sem dores. Mas Deus não me ouviu ou não me entendeu. Acho que ninguém me entende. Ninguém.”

“No hospital só há sofrimento. Tudo é triste. A doença é muito triste. Os corpos doentes são feios. Ter um corpo já não é bom. Ter um corpo doente ainda é pior. Porque será que existe a dor?”

“Todos os dias travo uma batalha contra as minhas limitações.”

“A maior parte das vezes sou uma «Artrite Reumatóide» e não uma pessoa, ou então sou eu que sinto assim.”

Embora tenha seleccionado estes trechos, a mensagem que Fernanda Ruaz nos passa é de coragem, esperança e luta. O último capítulo chama-se “eu consegui correr!” – um sonho alcançado ao fim de muitos anos, de muito sofrimento. Aliás, António Alçada Baptista, no Prefácio, diz-nos:

É possível, perante a adversidade, alguém impor a sua personalidade, recusando sempre aceitar a derrota. Ela (Fernanda Ruaz) venceu, não foi vencida.

(…)

Quase todas as coisas da nossa vida dependem da nossa vontade e da maneira como olhamos para o mundo.

Andar, para além da dor – Fernanda Ruaz, Edições Arrábida

Aqui nos encontraremos!🙂

4 comentários »

  1. Olá, gostaria de saber se já esta à venda o livro “Andar, para além da dor”? Achei muito interessante e queria comprá-lo. Se já estiver à venda poderia me falar em qual loja mais próxima? Moro no Rio de Janeiro. Obrigada!

    Comentar por Adriana Simões — Outubro 12, 2007 @ 9:10 pm | Responder

  2. Adriana, obrigada pelo comentário. Segue a resposta por email.

    **

    Comentar por S. F. — Outubro 13, 2007 @ 12:00 pm | Responder

  3. tomei conhecimento deste livro aquando da pesquisa sobre esta doeça, da qual a minha mãe sofre. pelo resumo que dele li, achei que seria o livro indicado para lhe oferecer, tentando assim que, tomando conhecimento do sofrimento de outras pessoas e que conseguiram não se deixar derrotar ela conseguisse “andar”. no entanto não consigo encontrá-lo em nenhuma livraria. como poderei consegui-lo?

    Comentar por cristina maria alves marinho da fonseca diogo — Setembro 23, 2008 @ 3:47 pm | Responder

  4. Cristina,

    seguiu resposta por e-mail.😉

    **

    Comentar por S. F. — Setembro 24, 2008 @ 10:30 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: